Notícias

João Salaviza e Ursula Meier orientaram workshops no Festival de Cinema de AVANCA

João Salaviza, depois de ganhar em 2009 a Palma de Ouro em Cannes, acaba de ganhar o Urso de Ouro para a melhor curta-metragem em Berlim.
Uma plateia de cerca de 1600 espectadores aplaudio o filme “Rafa”, que segundo o Festival de Berlim, é um belo retrato sombrio e intransigente de um menino à beira da idade adulta.
João Salaviza é um dos realizadores que no Festival AVANCA de 2009 co-orientou um workshop a convite do crítico e professor de cinema João Antunes e do realizador Manuel Mozos, num trabalho sobre a “História prática do cinema”.
Outro filme português foi igualmente premiado em Berlim é a longa-metragem “Tabu” de Miguel Gomes que ganhou o Prémio Alfred Bauer e a distinção da crítica internacional Fipresci.

Ursula Meier que em 2003 ganhou no AVANCA o Prémio Longa-metragem com “Des épaules solides” e que no ano seguinte orientou um workshop sobre “Realização num décor único - a economia de meios cinematográficos como fonte criativa nas curtas-metragens”, veu o seu mais recente filme ser também distinguido na edição deste ano da Berlinale.
“L'enfant d'en haut” venceu o Prémio Especial Urso de Prata. Segundo o festival, esta longa-metragem parte da “massa, ampla anônimo de pessoas, resume a história de uma criança que acredita ter encontrado uma forma de compensar a sua miserável existência. Este retrato de um menino à beira da puberdade, dividido entre engano e uma necessidade insaciável de amor e ternura, é ao mesmo tempo, uma exploração das contradições e profundidades ocultas de um mundo aparentemente próspero”.

Entretanto, em Julho, o Festival de Cinema de Avanca voltará a reunir mais realizadores e filmes de todo o mundo e novos workshops serão dirigidos por cineastas vindos de vários continentes. Os workshops deste ano irão decorrer intensivamente entre 25 e 29 de Julho próximo com um vincado trabalho prático, que sempre tem caracterizado e tornado único este espaço de experimentação de cinema.

2012-02-20