notícias

Premiados AVANCA 2017
IRÃO VENCE NO FESTIVAL DE CINEMA AVANCA
9 filmes portugueses entre os premiados do 21º AVANCA 2017.

Irão é o grande vencedor do “21º Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia – AVANCA 2017”, encerrando 10 dias de festival e 5 dias de competições, conferências e workshops internacionais e exposições.
O AVANCA 2017 atribuiu prémios a filmes e autores de 11 países.

“Kashtiban” do realizador iraniano Majid Esmaeli-Parsa arrebatou o Prémio Cinema para a Melhor Longa-metragem e Prémio fotografia (a Mohammed Fakouri). “Heyvan” de Barham & Bahman Ark, igualmente do Irão, recebeu o Prémio de Melhor Curta Metragem. Foram ainda distinguidas com Menções Especiais as longas–metragens “Marisa en los bosques” de Antonio Morales (Espanha) e “Foro Íntimo” de Ricardo Mehedff (Brasil). Este último filme foi também distinguido com o Prémio Melhor Ator, atribuído a Gustavo Werneck.

Na animação, “Scrambled” do holandês Bastiaan Schravendeel foi distinguido com o Prémio Melhor Animação e “And the moon stands still” de Yulia Ruditskaya (Bielorússia, Alemanha e EUA) recebeu uma Menção Especial.

Surpreendentemente o Prémio Estreia Mundial foi para “Loop” dos muito jovens Manuel Caeiro e Valério Marques, finalistas da Escola Val do Rio.
O júri cinema foi constituído pelos cineastas Goran Radovanovic (Sérvia) e Latifa Said (França, Argélia), o ator Tibo Vandenborre (Bélgica) e os programadores internacionais Ana Abramovic (Croácia), Antonio Delgado Liz (Espanha) e Tsanko Vasilev (Bulgária).

Entre as categorias mais esperadas esteve a “Competição Avanca”. Reunindo obras produzidas ou co-produzidas na região, foi distinguida a animação “Fim da linha” de Paulo D'Alva e António Pinto, o documentário “Canil” de Miguel Marques e a longa metragem “Ad Ventum” de Barbara Mateos. O Prémio Estreia Mundial foi para “Antes que a noite venha – falas de Antígona” de Joaquim Pavão e “Canil”.
O júri, constituído pelos cineastas Manuel Matos Barbosa, Maria Raquel Atalaia, Sofia Barata e os programadores Judite Barros da Costa e Severiano Casalderrey, atribuíram ainda Menções Especiais para “Vicente um corvo diferente”, uma animação de um coletivo de alunos do AE Ovar Sul e o documentário “Sonho Longínquo no Equador” de Hamilton Trindade.

Os documentários “Flames” dos norte-americanos Zefrey Throwell e Josephine Decker e “Pelerinaxes” de Simone Saibene (Espanha) venceram ex-aequo o Prémio Televisão.
A obra portuguesa “Ba(p)tismo de Terra” de Vanessa Rodrigues recebeu uma Menção Especial e o filme “Homestay” de Lolo Arziki (Cabo Verde) ganhou o Prémio Estreia Mundial Televisão.
O júri foi constituído pelo realizador Rui Nunes, o argumentista Henrique Vaz Duarte, os poetas António Souto e Manuel Freire, os artistas plásticos Acácio Rodrigues e Marco Silva, o ator Carlos Rico, o jornalista Fernando Pinho, o programador Pedro Medeiros e o professor universitário José Sousa.

O Prémio vídeo foi atribuído a “Her” de Grace Guo (China) e o Prémio Sénior a “El inconveniente” de Adriana Yurcovich (Argentina).
O Prémio Estreia Mundial neste âmbito distinguiu a obra portuguesa “O maravilhoso Reino da Terra” de Carlos Silveira.
O júri destes prémios foi constituído pelo realizador Rui Filipe Torres, a jornalista Ana Teresa Silva, a artista plástica Cibele Saque e a arquiteta Cláudia Bordalo.

A competição “Trailer in Motion” distinguiu o trailer “Frames Roots” de André Spenser (Suécia) e o videoclipe “Pena Verde” da realizadora portuguesa Ana Filipa Flores.
O júri foi constituído pelos críticos Germano Campos, Nuno Reis, pelo músico Sérgio Ferreira e pela cineclubista Fátima Cabral.

Entretanto, na “AVANCA|CINEMA, Conferência Internacional Cinema – Arte, Tecnologia, Comunicação”, o Prémio Eng. Fernando Gonçalves Lavrador, em homenagem póstuma a um dos mais relevantes investigadores portugueses na área da semiótica, estética e teoria do cinema, distinguiu a investigadora Szilvia Ruszec da University of Southern California (EUA) e atribuiu uma Menção Honrosa a Veronique Chance da Anglia Ruskin University (Reino Unido).
O júri deste prémio foi constituído pelos académicos Alice Fátima Martins e José Umbelino (Brasil), Christian Iseli (Suiça), Yen-Jung Chang (Taiwan) e os portugueses Adriano Rangel, Fátima Chinita, José Ribeiro e José Marta.

No total, seis júris constituídos por 37 individualidades de 10 países atribuíram 18 prémios e 7 menções especiais.

O AVANCA acontece todos os anos em Avanca e é uma organização do Cine-Clube de Avanca e Câmara Municipal de Estarreja com o apoio do ICA/Ministério da Cultura, Instituto Português do Desporto e da Juventude, Região de Aveiro, FCT, Junta de Freguesia e Paróquia de Avanca, Agrupamento de Escolas de Estarreja, para além de várias organizações internacionais e entidades locais.

Noticias

Inscrições para voluntariado. Inscrições para voluntariado.

Estão abertas as inscrições para o voluntariado no Festival de Cinema de Avanca!

2016-06-10

Noticias

TRAILER IN MOTION 2016 Competição "TRAILER IN MOTION 2016”
Trailers, teasers, e videoclipes no grande ecrã do Festival de Cinema AVANCA 2016. Abertas inscrições até 30 de Maio!
2016-05-15

Noticias

CINENTERTAINMENT 5 JOVENS APRENDEM A FAZER CINEMA NO FESTIVAL “AVANCA 2016”
CINENTERTAINMENT 5, um espaço dos 6 aos 17 anos. Desenvolver uma história e concretizar um filme é o desafio que jovens de várias idades vão encontrar este ano no Festival de Cinema AVANCA 2016.
2016-05-09

Noticias

AVANCA 2015 no BRASIL “AVANCA 2015” no BRASIL

BRASIL RECEBE O FESTIVAL DE CINEMA “AVANCA 2015”

2015-08-29

Noticias

Competição AVANCA 2016
Abertas as Inscrições para a Competição AVANCA 2016
2016-01-27

Noticias

Premiados AVANCA 2015
Filmes da Jordânia, Cabo Verde e Guiné-Bissau entre os países distinguidos.
2015-08-05

Páginas