Notícias

DRIVE IN
Os DRIVE IN chegam à 24ª edição do Festival Internacional de Cinema AVANCA 2020
Nesta quarta feira dia 22 com música e novos filmes, decorrendo até à noite de sábado dia 25.

Inaugurando um novo formato de ver cinema em festivais, e sendo o AVANCA o primeiro evento de cultura cinematográfica a acontecer no nosso país em tempo de pandemia, as noites em Avanca terão também música.

Na quarta feira dia 22, Luís Portugal sobe ao palco do Drive In pelas 21h30.
Antigo vocalista dos “Jafumega”, a sua voz inconfundível poderá fazer-nos ouvir temas como “Latin'América”, “Alta vai a lua”, “Dinis O Rei dos Botões” ou “Perto da Paixão”. Um legado dos mais importantes da música moderna portuguesa.
Uma noite que encerrará com a estreia da longa-metragem “The Forgotten” (O esquecido) da realizadora ucraniana revelação Daria Onyschenko.
Daria Onyschenko venceu já o AVANCA em 2013 com o seu anterior filme “Eastalgia”.

Na quinta feira será tempo de ouvir Inês Homem de Melo e a música do mundo de uma cantora com raiz em Avanca, vencedora da Noite do Fado de Lisboa.
A quinta feira será ainda marcada pela estreia da inusitada comédia belga “The Barefoot Emperor” (O Imperador Descalço), onde o último Rei dos Belgas se torna o primeiro Imperador da Europa.
Realizado pelo casal Peter Brosens e Jessica Woodworth, em 2018 ganharam o AVANCA com o seu anterior filme e largamente premiado “O Rei dos Belgas”, de que o atual filme é a continuação.

A sexta feira trará a guitarra de Joaquim Pavão e a voz de Isabel Fernandes Pinto para o palco do DRIVE IN. Joaquim Pavão, sendo um exímio guitarrista, é também cineasta e no AVANCA 2020 acaba de estrear a sua primeira longa-metragem de ficção “Sonhos”.
“Diapason” (Diapasão) do realizador iraniano Hamed Tehrani será a estreia da noite.

O DRIVE IN termina no sábado com a atuação de Nuno Norte, o grande vencedor do “Ídolos” da SIC e um dos protagonistas do filme de Luís Moya.
“Por detrás da moeda” foi o filme que ganhou o Prémio do Público do Fantasporto deste ano, uma obra brilhante onde os músicos de rua da cidade do Porto são os protagonistas. Esta longa-metragem de Luís Moya, tendo sido coproduzida pelo Cine Clube de Avanca, promete uma noite plena de grande música.

Enfrentando os desafios da pandemia, o AVANCA aposta na segurança que cada carro, individualmente, parece melhor garantir em tempo de “ditadura de alguém só visível a microscópio eletrónico”, como diz Inês Homem de Melo.

O AVANCA é uma organização Cine-Clube de Avanca e Município de Estarreja, com o apoio do ICA / Ministério da Cultura, do IPDJ, da CIRA, da Junta de Freguesia de Avanca, do Agrupamento Escolar de Estarreja, da Escola Egas Moniz, da Paróquia e das Associações de Avanca, contando ainda com o apoio de várias universidades e escolas de ensino superior do país, empresas e outras instituições da região.

Air Force 1 Sage Low
2020-07-21